Canal Exclusive
Revista Online

26 de abril, Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial

por Redação | publicado em quinta, 26 de abril de 2018


Pressão a partir de 130×80 já é considerada alta para Associação Americana do Coração

Entidade redefiniu o novo índice de controle de pressão que deve ser considerado no diagnóstico da hipertensão, que antes era a partir de 140×90; cardiologia chama a atenção para cuidados básicos

O Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial é celebrado em 26 de abril, entretanto, os brasileiros não têm muito o que comemorar. De acordo com a Sociedade Brasileira de Hipertensão, no mínimo, 25% da população adulta apresenta níveis elevados de pressão arterial. O quadro, caracterizado por uma vasoconstrição nos vasos sanguíneos, está por trás de desfechos graves. Para se ter ideia, a Organização Mundial da Saúde calcula que a hipertensão é responsável por 51% das mortes por derrame e 45% dos óbitos associados a doenças cardíacas.

Recentemente, a Associação Americana do Coração, na Conferência Sessões Científicas, realizada em novembro de 2017, redefiniu o novo índice de controle da pressão arterial que deve ser considerado no diagnóstico. A partir daí, a doença deve ser tratada quando a pressão arterial chegar a 130/80 e não mais 140/90. Com a mudança, cerca de 46% da população dos Estados Unidos, por exemplo, será considerada hipertensa. A pressão recomendada pelos médicos é de 120/80. A nova diretriz da pressão arterial vai contribuir para um diagnóstico precoce da doença, assim, será possível iniciar um tratamento com mudanças de hábitos de vida e alimentares.

De acordo com o cardiologista Augusto Vilela é possível controlar a pressão ao incluir na dieta alimentos mais saudáveis, como frutas, cereais, verduras, legumes e carnes magras. Reduzir o consumo de sal, bebidas alcoólicas e doces. A prática da atividade física é fundamental para uma vida saudável, além de ajudar a perder peso. Em alguns casos, quando a pressão arterial é controlada é possível até evitar o uso de medicamentos. “A hipertensão não controlada pode provocar acidentes vasculares cerebrais, doença renal grave, doenças cardiovasculares e outras doenças. Alguns fatores contribuem para que a pressão arterial sofra uma elevação, como questão genética, idade, dieta, prática de exercício físico, obesidade e estresse emocional”, afirma.

Dicas:

Alimente-se de forma saudável
“Priorize o consumo de frutas, hortaliças, fibras, cereais integrais, carnes brancas e laticínios com baixo teor de gordura. Reduza a ingestão de carne vermelha, doces e bebidas com açúcar”

Reduza o sal
“A quantidade máxima considerada saudável para a ingestão alimentar diária de cloreto de sódio (sal de cozinha) é de 5 g (que corresponde a 2 g de sódio). Na prática, recomenda-se o consumo de, no máximo, 3 colheres de café rasas (3g), que somados aos 2g de sal já existentes nos próprios alimentos contemplaria o total de 5g.”

Cuidado com excesso de peso
“Deve-se manter o controle do peso com índice de massa corporal menor que 25 Kg/m² e prática regular de atividade física aeróbia como caminhadas por, pelo menos, 30 minutos por dia, três vezes por semana.”

Beba com moderação
“Não fumar e limitar o consumo diário de álcool a uma dose nas mulheres e pessoas com baixo peso e duas doses nos homens (limite de ingestão do álcool não é cumulativa para o fim de semana!).”

Sobre Augusto Vilela:

O cardiologista mineiro, Augusto Vilela, é o mais novo integrante do time de médicos do Hospital Vera Cruz, em BH. Vilela tem atuação expressiva nas áreas de Insuficiência Cardíaca e Cardiologia da Mulher (Gestação de Alto Risco). Ele ainda é autor adjunto dos Pocket Books (livro de bolso), edição 2016-2017, da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e possui publicações de trabalhos em congressos e artigos em mídias especializadas internacionais. Augusto Vilela tem 34 anos e já atua como cardiologista dos hospitais Mater Dei e Belo Horizonte.


Comentários

Mais lidas

Card image cap
Por que fazemos o que fazemos?

Ler matéria
Card image cap
Projeto Cidade do gás

Ler matéria
Card image cap
1ª corrida contra o câncer beneficia ONG que doa perucas para pacientes oncológicos

Ler matéria
Card image cap
Uma goleada do Vila da Copa

Ler matéria
Card image cap
Rede internacional de sorvetes Cold Stone Creamery inaugura loja em BH

Ler matéria