Canal Exclusive
Revista Online

Iluminação escandinava

por Redação | publicado em terça, 17 de julho de 2018


A iluminação escandinava traz charme, sem abrir mão da funcionalidade

Para favorecer a entrada de luz natural no ambiente, uma característica forte da iluminação escandinava, as designers ampliaram a porta de saída e substituíram a versão antiga por uma nova com esquadrias finas na cor preta. Foto: Daniela Buzi

O design escandinavo, surgido em 1950 em alguns países nórdicos, tem roubado a cena e ditado as regras em pleno século XXI. Todo bom projeto que se preze tem algum traço desse estilo que tem na simplicidade, funcionalidade e minimalismo suas principais características.

Na Cozinha Dinamarquesa não é diferente. O ambiente projetado pelas designers de interiores Cris Araújo e Linda Martins, do escritório Maraú Design Stúdio, para a Casa Cor Santa Catarina – Itapema 2018 traz na iluminação a inspiração nórdica. “É uma iluminação mais clean, porém sofisticada”, destacam as profissionais.

Um dos pontos fundamentais desse tipo de decoração é a valorização da iluminação natural. “A iluminação natural transforma o ambiente e é a base para um bom projeto dentro desse estilo. Sabendo disso, ampliamos a porta de saída e substituímos a versão antiga por uma nova com esquadrias finas na cor preta que emolduram um charmoso jardim”, comenta Cris Araújo.

Por ter essa pegada mais clean, a iluminação proporciona a percepção visual de um ambiente mais amplo. “Como a cozinha é um ambiente de multitarefas, é importante ter essa sensação de amplitude, para que quem esteja usando o espaço se sinta mais à vontade”, explicam Cris e Linda.

Os pendentes são elementos luminotécnicos muito característico desse estilo de projeto e vai além da sua função básica para se tornar também um elemento agregador para a estética do espaço. “Como o estilo escandinavo preza por poucos produtos em sua composição, todos os elementos que compõem a decoração são também decorativo. Os pendentes Corda, de Guilherme Wentz, colocados sobre a bancada, por exemplo, tem desenho minimalista e dão um toque contemporânea ao ambientes. Já as luminárias acima da mesa, que foram desenhadas exclusivamente por nós para o espaço, chamam a atenção em todos os sentidos. Tanto na sua disposição no espaço – já que estão nas paredes e não no teto – quanto no seu design ao mesclar linhas finas e retas com uma cúpula grande e cheia de personalidade”, salienta Linda Martins.

Com um desenho minimalista, os pendentes Corda dão um toque contemporâneo ao espaço. Foto: Daniela Buzi

Apesar de o projeto luminotécnico escandinavo ter estética mais simples e limpa, é necessário ter cuidado para que haja quantidade de luz suficiente para iluminar e valorizar cada detalhe da decoração. “A iluminação pode 'salvar' ou 'matar' um ambiente. A luz é de suma importância para ajudar em tarefas do dia a dia, demarcar e setorizar espaço e destacar algum objeto ou ambiente”, contam as designers.

No fundo, as luminárias desenhadas exclusivamente para o espaço chamam a atenção pela forma como foram disponibilizadas no ambiente e também pelo seu design cheio de personalidade. Foto: Daniela Buzzi

Até o dia 22 de julho é possível ver de perto as características da iluminação escandinava. Para isso, basta visitar a Casa Cor Santa Catarina - Itapema, no Itapema Beach Place, localizado na BR-101, Km 144, em Itapema e conhecer a Cozinha Dinamarquesa.


Comentários

Mais lidas

Card image cap
Por que fazemos o que fazemos?

Ler matéria
Card image cap
Projeto Cidade do gás

Ler matéria
Card image cap
1ª corrida contra o câncer beneficia ONG que doa perucas para pacientes oncológicos

Ler matéria
Card image cap
Uma goleada do Vila da Copa

Ler matéria
Card image cap
Rede internacional de sorvetes Cold Stone Creamery inaugura loja em BH

Ler matéria