Canal Exclusive
Revista Online

Mark Zuckerberg depõe sobre escândalo envolvendo a Cambridge Analytica

por Redação | publicado em quarta, 11 de abril de 2018


O dono do Facebook, Mark Zuckerberg foi ao Congresso americano ontem (10) para prestar depoimento sobre algumas atividades do site, especialmente com relação ao uso de dados e respeito à privacidade dos usuários. Por causa do escândalo envolvendo a Cambridge Analytica, que afetou milhões de pessoas no mundo todo.

No dia 17 de março, os jornais The New York Times e The Observer denunciaram que a Cambridge Analytica usou informações pessoais de 50 milhões de perfis, a empresa alegou que foram dados coletados para fins acadêmicos. E logo em seguida, o Facebook baniu a Cambrige Analytica de fazer publicidade em sua plataforma.

O jornal The Guardian informou que o Facebook tinha conhecimento dessa violação de segurança e que aconteceu por dois anos, mas não tomou nenhuma providência. No dia 4 de abril, o Facebook anunciou que as contas de pelo menos 87 milhões de pessoas foram atingidas em 10 países. E segundo suas estimativas, os dados pessoais de 443.117 brasileiros foram usados sem consentimento prévio e nos Estados Unidos foram atingidas mais de 70 milhões de pessoas.

Nessa terça-feira (10) Mark esteve no Senado, em uma audiência conjunta entre os comitês de Justiça e do Comércio, Ciência e Transportes. A sessão durou cinco horas. Ele respondeu perguntas sobre uma versão da rede social sem propagandas, os concorrentes inexistentes e até sobre a velha teoria da conspiração, onde o Facebook estaria monitorando o microfone do seu celular para direcionar anúncios.

Hoje (11) foi a vez da Câmara dos Deputados, prestando depoimento ao Comitê de Energia e Comércio. “Esse episódio (Cambridge Analytica) claramente nos machucou e evidentemente tornou mais difícil para nós alcançar a nossa missão social. Nós agora temos muito trabalho para reconstruir uma confiança”, disse Zuckerberg. E ele reforçou que a empresa está fazendo investimentos, reforçando a sua segurança.

O Facebook posicionou um link no topo do Feed de Notícias para um painel, onde reúne aplicativos e sites em que as pessoas usam dados do site como forma de acesso. “Você também pode remover aqueles que você não quer mais que se conectem ao Facebook”, avisa a rede social. A liberação começou nessa segunda (9), mas chega de forma gradual aos usuários.


Comentários

Mais lidas

Card image cap
Por que fazemos o que fazemos?

Ler matéria
Card image cap
Projeto Cidade do gás

Ler matéria
Card image cap
1ª corrida contra o câncer beneficia ONG que doa perucas para pacientes oncológicos

Ler matéria
Card image cap
Uma goleada do Vila da Copa

Ler matéria
Card image cap
Rede internacional de sorvetes Cold Stone Creamery inaugura loja em BH

Ler matéria