Canal Exclusive
Revista Online

TAU – Território Arte Urbana reúne movimentos e projetos de artes visuais em sua 1ª edição.

por Redação | publicado em quarta, 25 de julho de 2018


O projeto conta com 15 obras de artistas de BH, São Paulo e Guapé. Entre os trabalhos selecionados estão graffiti, pintura, instalação, fotografia,

escultura, bordado e lambe-lambe, que serão realizados ao vivo pelas ruas do bairro.

Foto: Painel Baixo Centro_Priscila Amoni

Impulsionada por uma série de iniciativas descentralizadas que vêm sendo realizadas em toda a cidade, Belo Horizonte se abre para as artes urbanas. Após anos de inibição e até criminalização nas últimas décadas, a arte de rua volta a se estabelecer na capital mineira. Exemplos de iniciativas não faltam. Agora é a vez do tradicional e boêmio bairro Santa Tereza receber intervenções de artes visuais durante a 1ª edição do TAU – Território Arte Urbana, que acontecerá de 24 a 28 de julho. A equipe do TAU e os curadores do projeto, Marcela Yoko e Tales Bedeschi, selecionaram 15 artistas entre os 200 inscritos. Entre as obras escolhidas estão grafite, pintura, instalação, fotografia, escultura, bordado e lambe-lambe.

São nove trabalhos em nove locais distintos que formarão um circuito de obras que começará na Praça Duque de Caxias pelas ruas Mármore, Dores do Indaiá, Divinópolis e Silvianópolis. O circuito culminará na Praça Joaquim Ferreira da Luz, onde acontecerão mais seis intervenções de muralismo e grafite no muro do metrô que contorna a parte baixa do bairro. Na praça também acontecerá a programação de encerramento da mostra no dia 28 de julho.

Os trabalhos nas fachadas ficarão expostos para visitação de 28 de julho a 19 de agosto e as obras realizadas no muro ficarão expostas por prazo indeterminado. “A ideia é que com o projeto a gente consiga colocar as pessoas em contato direto com o processo de realização das obras, atravessando seu cotidiano de forma que o transeunte possa valorizar ainda mais os trabalhos dos artistas e suas obras durante quase todo o mês de agosto”, explica Gisele Milagres, idealizadora do projeto.

Os nove artistas que criarão intervenções nas fachadas dos estabelecimentos são Itamara Ribeiro, que trará para o TAU a delicadeza do bordado, rompendo com o pressuposto de que esta técnica é exclusiva às mulheres em ambiente privado; Clara Valente e suas cores vibrantes em uma proposta baseada no local escolhido, sua arquitetura, entorno e história; Tatiana Cavinato com suas criaturas de afeto que darão um presente ao bar Desde 1999; Priscila Amoni e sua nova série cheia de cores, poesia, talento e feminino, que deixará o restaurante o Birosca S2 ainda mais charmoso.

Fernando Fonseca levará o lado crítico, político e bem-humorado para a esquina da rua Mármore, no restaurante Sheridan; o paulistano Cris Rodrigues proporcionará uma atmosfera lúdica para coisas reais utilizando cenas do cotidiano e técnicas de aquarela de pintura aguada; Zadô Luz causará impacto e força na fachada do Santo Ofício Cowork com sua fotografia surpreendente; o cenógrafo Guilherme PAM realizará a instalação de uma linda “arvre” no local que ainda é surpresa; e Karina Felipe proporcionará um encontro entre o ambiental e o artístico, a força da natureza e a arte urbana, levando para a fachada do Bar Santê a textura que faltava para o circuito de obras do projeto. Nas palavras de Guilherme PAM, “arvre é uma lembrança de uma árvore, sobra dos objetos urbanos, um fantasma construído, uma alegoria do que já não é mais”.

Entre os seis artistas que farão intervenções de muralismo, grafite e lambe no muro do metrô estão Alexandre Rato com sua série de cabelos violeta, desenho inspirado tanto na famosahistória da Alice como unida à inspiração na vida pessoal do artista e sua filhota Violeta, criando uma atmosfera lunar de gravidade leve e objetos flutuantes; La niña e seus pedais, um trabalho delicado, de proporções gigantes, muitas cores e pinceladas que disseminam a cultura da bicicleta e estimulam o uso do modal na sociedade; Camila Lacerda com um trabalho de metalinguagem do bairro Santa Tereza e seus becos e ruelas em uma perspectiva única e técnica de aquarela; Binho Barreto com a obra “Cultivo” e seus traços inconfundíveis que fazem menção ao cultivo de sentimentos e pensamentos positivos; Denise dos Santos com um trabalho de fotografias individuais de jovens residentes nas comunidades remanescentes dos quilombos de Rodrigues e Marinhos, trazendo a riqueza e os valores dos povos quilombolas; e o representante do graffiti Iron, que mescla técnicas para trazer ao público as diversas formas da natureza recheadas de texturas, formas e cores extasiantes.

Realizado pela mercê, soluções culturais, o TAU vem para fortalecer ainda mais a arte urbana na capital mineira, promover a criação artística de forma aberta e participativa e colaborar para o crescimento de projetos desta natureza. “O objetivo é proporcionar ao transeunte uma experiência inusitada com a arte e o urbano no cotidiano da cidade. Desenvolver um projeto de arte urbana em Santa Tereza é também revelar histórias ainda não contadas, criar ficções, valorizar e trazer reflexões sobre a arte urbana. A ideia é que a obra, o criador e o público mantenham uma conexão harmônica e enriquecedora durante o evento”, explica a curadora convidada do projeto, Marcela Yoko.

O TAU também contará com a exibição de uma Mostra de Filmes de Arte Urbana no MIS Cine Santa Tereza, a mesa de conversa “A cidade se preparando para a arte urbana: impasses legislativos e novas configurações”, com Michele Arroyo (IEPHA), Yuri Mello (Diretoria de Patrimônio Cultural – FMC), Juliana Mont’Alverne e Janaína Cruz (Cura) e Pedro Carais (Museu de Rua) no MIS Cine Santa Tereza; a Exposição no Mama Cadela – Edição TAU, e para o encerramento no dia 28 de julho, pelas ruas da cidade indo até o bairro Santa Tereza, o TAU conta com a Edição especial do curso “Pedalando Pelos Muros” do Instituto Amado, visita guiada com público espontâneo e na Praça Joaquim Ferreira da Luz, teremos os artistas do muro finalizando seus trabalhos, DJ Amy, Breaking no Asfalto, Kitutu e suas comidinhas, entre outras atividades.

Inspirado no projeto C.A.L.L.E que acontece anualmente no bairro Lavapiés, em Madrid, na Espanha, o TAU também vislumbra a possibilidade de um pequeno mapeamento de artistas da capital mineira, de Minas Gerais e do Brasil dedicados a pensar a relação entre a arte e o urbano.

Realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte - Fundação Municipal de Cultura, o TAU – Território Arte Urbana é executado pela mercê, soluções culturais com o patrocínio da Lápis Raro Agência de Comunicação. O projeto conta ainda com o apoio do MIS Cine Santa Tereza, da CBTU - Companhia Brasileira de Trens Urbanos, Cura - Circuito Urbano de Artes, Museu de Rua BH, Galeria Mama / Cadela, Casa Camelo, Quarto Amado, Xeque-Mate Bebidas, Santa Pizza, Restaurante Sheridan, Xeque-Mate e Paris 68. E parceiros como o Museu de Rua, Cura – Circuito Urbano de Artes, Galeria Mama/Cadela, Casa Camelo, Instituto Quarto Amado, Breaking no Asfalto e Kitutu.


Locais de exibição

As intervenções artísticas serão realizadas nos seguintes espaços comerciais parceiros do projeto:

Salão da Léia – Praça Duque de Caxias, 430

Mercearia do Nivaldo – Praça Duque de Caxias, 567

Restaurante Sheridan - Rua Mármore, 588

Desde 1999 - Rua Mármore, 758

Bar do 1000ton - Rua Mármore, 825

Bar Santê - Rua Dores do Indaiá, 96

Santo Ofício Coworking - Rua Divinópolis, 284

Santa Pizza - Rua Silvianópolis, 452

Birosca S2 - Rua Silvianópolis, 483

Praça Joaquim Ferreira da Luz s/n


SERVIÇO
TAU – Território Arte Urbana

Local: Bairro Santa Tereza, BH (Praça Duque de Caxias, Ruas Mármore, Divinópolis, Silvianópolis e Praça Joaquim Ferreira da Luz)

Execução das obras: 24 a 28 de julho

Mostra aberta ao público: 28 de julho a 19 de agosto

Encerramento: 28 de julho, das 14h às 18h, na Praça Joaquim Ferreira da Luz

Realização: mercê, soluções culturais

Mais informações no site: www.territorioarteurbana.com.br

Assessoria de Imprensa
*E-mail: imprensa@territorioarteurbana.com.br

Helga Campos Prado – Vitória-Régia Comunicação & Relacionamento

helgacampos@gmail.com - 31.98632.4429


PROGRAMAÇÃO TAU – TERRITÓRIO ARTE URBANA

23-07 segunda-feira – 19:00 às 22:00 – Mama Cadela: Recepção dos participantes (evento fechado).

24-07 terça-feira – Durante o dia - NA RUA: Início da produção das obras.

24-07 terça-feira – 19:30 às 21:00 - MIS CINE SANTA TEREZA (Sala de Cinema): Abertura oficial TAU: boas-vindas + Exibição documentário Quarto Amado: Residência Sarandira + Bate papo sobre o filme.

25-07 quarta-feira – Durante o dia - NA RUA: continuação das produções das obras.

25-07 quarta-feira – 19:00 – MIS CINE SANTA TEREZA (Sala de Cinema): Exibição de curta “Do outro lado do muro” 20’ ”.

25-07 quarta-feira – 19:30 às 21:00 - MIS CINE SANTA TEREZA (Salão Multiuso): Mesa “A cidade se preparando para a arte urbana: impasses legislativos e novas configurações, com Michele Arroyo (IEPHA), Yuri Mello (Diretoria de Patrimônio Cultural - FMC), Juliana Mont’Alverne e Janaína Macruz (Cura) e Pedro Carias (Museu de Rua).

26-07 quinta-feira - Durante o dia - NA RUA: continuação das produções das obras.

26-07 quinta-feira – 19:30 – MIS CINE SANTA TEREZA: Filme “A batalha do passinho” 73’”.

27-07 sexta-feira – Durante o dia – NA RUA: continuação das produções das obras.

27-07 sexta-feira – 18:00 às 00:00 – MAMA CADELA: PROGRAMAÇÃO Exposição Mama Cadela – Edição TAU.

27-07 sexta-feira – 19:00 - MIS CINE SANTA TEREZA (Salão Multiuso): apresentação de trabalhos e processos dos artistas selecionados.

27-07 sexta-feira - 19:30 - MIS CINE SANTA TEREZA (Sala de Cinema): Sessão especial TAU – Território Arte Urbana.

28-07 sábado - Durante o dia – NA RUA: continuação das produções das obras das FACHADAS MURO METRÔ.

28-07 sábado – Pela manhã/tarde – NA RUA: Edição especial do curso Pedalando Pelos Muros do Instituto Amado.

28-07 sábado – 14:00 às 18:00 - NA Praça Joaquim Ferreira da Luz: DJ Amy.

28-07 sábado – 14:00 ÀS 18:00 – Praça Joaquim Ferreira da Luz: Stand com produtos do Museu de Rua.

28-07 sábado – 14:00 às 15:00 – CIRCUITO Praça Duque de Caxias, rua Mármore, rua Divinópolis, rua Silvianópolis e Praça Joaquim Ferreira da Luz: Visita guiada pelo circuito das obras.

28-07 sábado – 16:00 às 18:00 – NA Praça Joaquim Ferreira da Luz: PROGRAMAÇÃO DJ Amy.

28-07 sábado – 16:00 às 17:00 – NA Praça Joaquim Ferreira da Luz: PROGRAMAÇÃO Breaking no Asfalto.

28-07 sábado – 18:00 – Encerramento com a finalização das obras do MURO METRÔ.

cleardot.gif


Comentários

Mais lidas

Card image cap
Por que fazemos o que fazemos?

Ler matéria
Card image cap
Projeto Cidade do gás

Ler matéria
Card image cap
1ª corrida contra o câncer beneficia ONG que doa perucas para pacientes oncológicos

Ler matéria
Card image cap
Uma goleada do Vila da Copa

Ler matéria
Card image cap
Rede internacional de sorvetes Cold Stone Creamery inaugura loja em BH

Ler matéria