Luiza-Helena---Presidencia_01

Diante de um cenário no qual homens lideram o poder na maioria das empresas, a presidente do Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano Inácio Rodrigues, aos 58 anos, mostra ao mercado que não existe o tal “sexo frágil” e comanda com excelência uma das maiores companhias nacionais de varejo. Capa da revista Forbes Brasil em março deste ano,a empresária, sempre otimista e visionária,afirmou que pretende abrir 50 novas unidades da rede somente no Nordeste, ainda este ano.

A história de sucesso do Magazine Luiza começou em novembro de 1957, quando seus fundadores, Pelegrino José Donato e Luiza Trajano Donato, adquiriram uma pequena loja de presentes, em Franca, interior de São Paulo. Por ser sobrinha dos fundadores, Luiza Helena sempre esteve envolvida nos negócios da família − iniciou suas atividades profissionais na empresa aos 12 anos (durante suas férias escolares, ela fazia um dinheirinho).

Mas foi em 1992, quando o crescimento da rede ganhou impulso e criou-se uma holding do grupo, que Luiza passou a ocupar o cargo de superintendente. Posteriormente, assumiu a presidência, cargo que ocupa desde 2008. A partir desse dia, com atitudes ousadas e inovadoras, Luiza, juntamente com uma equipe qualificada, foi responsável por moldar e consolidar a empresa de varejo.

O retorno desse trabalho árduo, construído com muita competência, não poderia ser diferente: há 17 anos, o Magazine Luiza figura entre as Melhores Empresas para Trabalhar, nos rankings da revista Exame e do Instituto Great Place to Work. Em 2010, foi considerada a melhor na prática de Falar com seus Funcionários e, no ano seguinte, integrou a lista das 20 melhores na edição da América Latina, sendo a terceira brasileira mais bem colocada. Na edição brasileira de 2012, foi considerada a melhor na Prática de Escutar, além de ter sido eleita uma das 10 melhores para se trabalhar no Brasil. Em 2014, foi eleita a quinta melhor empresa para trabalhar na lista das 70 melhores companhias na categoria Grandes (com mais de mil colaboradores).

A revista Exclusive conversou com essa grande mulher, que hoje é uma das responsáveis pelo êxito do império Magazine Luiza. A empresa possui 756 lojas e oito centros de distribuição, estrategicamente localizados em 16 estados, cujas economias correspondem a 75% do PIB nacional.

Revista Exclusive: Sua história é uma inspiração, e você já foi citada por grandes nomes da economia mundial. Quando você descobriu que tinha “jeito para o negócio”?

Luiza Helena: Tudo aconteceu de forma muito gradual. Gostava muito de dar presentes. Por isso, minha mãe me aconselhou a trabalhar para conseguir dinheiro. Então, aos 12 anos, eu já trabalhava na loja durante minhas férias escolares. Venho de uma família na qual todos são muito empreendedores e tive muitos ensinamentos desde pequena, principalmente com os meus tios Luiza e Pelegrino, fundadores do Magazine Luiza.Meu negócio é vender. Sempre fiz outras coisas, mas nunca saí da mesa da venda. Não sou presidente de empresa, sou vendedora até hoje. Gosto de lidar com pessoas, e vender nada mais é do que se conectar com pessoas.

RE: Você acredita em feeling? Tem o hábito de escutar o seu?

LH: Sim. Inclusive, no ambiente corporativo, algumas qualidades mais típicas nas mulheres como intuição, flexibilização e interação costumam fazer a diferença.

RE: Você consegue identificar o perfil de um genuíno empreendedor? 

LH: Um empreendedor genuíno tem algumas características que o denunciam sim, como o “fazer acontecer, independentemente do cenário ou da estatística”. É aquela pessoa que está sempre em busca de novos conhecimentos, de inovação, é quem se permite ousar, dentre outras atitudes.

RES Você acredita que esse perfil pode ser moldado e trabalhado? Como?

LH: Acredito sim, tanto que, no Magazine Luiza, nós formamos empreendedores. Um gerente é como se fosse o dono de sua loja, é responsável por cuidar de todos os aspectos da unidade dele.O perfil que buscamos no Magazine é de quem quer ser protagonista de sua história, gosta de pessoas e de servir. A regra de ouro é: faça aos outros o que gostaria que fosse feito a você.

RE: Lembro-me de um vídeo no qual você deu uma aula de economia para jornalistas em uma bancada. Você sente que, pelo fato de ser mulher, precisa provar diariamente o seu valor?

LH: Não. Nunca me permiti essa pressão por conta de gêneros. Sou uma pessoa de valor, assim como qualquer outra, seja ela homem ou mulher.

RE: Falando nisso, como é ser a comandante de um império como o Magazine Luiza? Você precisou se desfazer da tal “fragilidade feminina” ou isso nunca te atrapalhou?

LH: Não vejo a mulher como o sexo frágil, ao contrário, as mulheres têm uma força muito grande, dão conta dos serviços de casa, dos filhos e ainda trabalham fora. A mulher precisa valorizar mais sua força.

RE: Como você disse, os funcionários da rede são empreendedores. Sem dúvidas, é um processo motivacional. O que é feito para que a rede sempre esteja entre as melhores empresas para se trabalhar?

LH: Desde sua fundação, um dos pilares da empresa é a valorização das pessoas, sejam elas clientes, colaboradores ou fornecedores. Basicamente, é esse conceito que nos move e norteia nossa gestão de pessoas.

RE: Ouvi uma colocação sua sobre “o líder só escutar o que quer”. Como você faz para instigar seus colaboradores a lhe falarem também o que você não quer ouvir?

LH: Primeiramente, sendo acessível a todos eles, independentemente do cargo. No Magazine Luiza, temos como prática a comunicação olho no olho, em que as pessoas se sentem à vontade tanto para trazer sugestões como para fazer reclamações, pois elas sabem que valorizamos as críticas e que, por meio delas, podemos sempre melhorar.

RE: Você encabeça a lista das mulheres mais poderosas do Brasil. Como é a sua rotina diária? Como é ser a grande empresária e, ao mesmo tempo, uma mulher comum?

LH: Tenho uma rotina normal como qualquer trabalhador, pois minha vida profissional sempre caminhou com a pessoal. Sempre fiz questão de manter uma rotina normal com meus familiares, com tempo para minhas leituras, para assistir a programas de TV, ter meus momentos de lazer, ficar com meus filhos e netos etc.

RE: Como é a gestão do Magazine Luiza? Você ainda faz questão de verificar as coisas de perto?

LH: Conto com a ajuda do Marcelo Silva, CEO do Magazine Luiza, que cuida muito bem da operação. Um bom gestor também tem que saber delegar funções, e é o que fazemos na empresa. Temos excelentes profissionais no gerenciamento de diversas áreas. O SAC é a única área de operações que reporta diretamente à presidência, tanto que tenho um canal aberto no site do Magazine Luiza, colocando-me à disposição para qualquer problema que o consumidor possa ter e que, por ventura, não conseguiu resolver via atendimento ao cliente.

RE:Como você avalia o atual momento econômico do país?

LH: Estamos vivendo um momento difícil da economia, não temos como negar, mas o Brasil está muito mais preparado para enfrentar crises. Este será um ano de ajustes que devem refletir em uma melhora nos próximos anos. O país tem potencial para retomar o crescimento.

RE: Quais suas previsões para 2015?

LH: Será um ano mais difícil, que exigirá muita competência e criatividade dos gestores. O primeiro semestre foi um pouco mais difícil, mas temos a expectativa de que o consumo aumente em 2015. Na última década, o varejo sempre cresceu acima do PIB.

RE: Se um empresário (desiludido com a crise atual) lhe falasse que tem a intenção de se mudar do Brasil, qual conselho você lhe daria?

LH: Que deve seguir seu planejamento. Um empreendedor, antes de tudo, é uma pessoa que procura alternativas e que acredita no seu negócio, apesar de qualquer adversidade.

RE: Você acha que houve realmente um avanço social para as classes menos favorecidas nos últimos 10 anos?

LH: Com certeza sim. No Brasil, o consumo cresceu em todas as classes sociais, inclusive, na chamada nova classe média, especialmente no Nordeste do país.

Leia na integra edição 28, aqui no site:

Dispositivos Android

Edição Online

Dispositivos IOS 

Edição Online

Por: Raquel Dutra

Comentarios

Comentarios

About The Author

Related Posts