Belo Horizonte, 15/10/2021

30º Fumec Forma Moda ocorre neste sábado (19)

por redacao | publicado em terça, 15 de dezembro de 2020



Foto: trabalho da aluna Maria Tereza Bicalho.

Evento de formatura de estudantes de moda será on-line, de forma inédita e inovadora

Quando o mundo virou de cabeça para baixo, lá no começo do ano, uma coisa era certa: o tradicional evento de formatura dos estudantes de moda da Fumec seria mantido. Isso muito antes das grandes grifes internacionais migrarem para o digital.

“O design de moda da Fumec presa pelo fazer atual, entregando o que a moda precisa. Trabalhamos o experimento e o novo”, conta Antônio Fernando Batista dos Santos, coordenador do curso. Por isso, muito natural que o evento se adaptasse a um novo formato, mas mais que isso, desse um passo a frente, propondo uma noite com muita moda música, fotografia, arte digital e tecnologia.

A moda é a grande estrela, é claro, e se apresenta nas mais diferentes formas. O 30º Fumec Forma Moda promete ser ainda mais plural. A apresentação será on-line, neste sábado (19), por meio da plataforma Zoom, às 19h. O link está disponível no Instagram do evento. A classe de 2020 é composta por alunas com as mais diferentes histórias, vindas de diversas partes do mundo. Da Síria à Bahia, do interior de Minas à capital. Alunas como Conceição Teixeira, costureira de longa data e funcionária da faculdade, que há quatro anos decidiu ocupar a cadeira de estudante. Ou Paula Campos, que depois de uma temporada de aperfeiçoamento na China, já está empregada na marca Luiza Barcellos.

“Incentivamos o aluno fazer trabalho autoral, usar referencias brasileiras, buscar uma identidade nossa” explica Antônio. “Queremos que o aluno enxergue o que está ao redor, uma bobagem pode se transformar em uma criação autoral. Trazer materiais novos, incentivar experimentar”, completa. Para tanto, nos últimos quatros anos muita teoria foi trabalhada, mas o grande diferencial deste, que é o primeiro curso de moda de Minas Gerais, é a forte aplicação da teoria na prática, o que resulta em trabalhos conceituais onde a criatividade corre solta. Isso se dá por conta do quadro de professores, atuantes no mercado.

A apresentação final faz parte do projeto pedagógico do curso, um evento que é parte do calendário da moda de Belo Horizonte e também acadêmico. “Estamos desenvolvendo esta apresentação desde agosto, dentro da disciplina TCC, com equipe de alunos que também fazem backstage, trilha e jornalismo” conta Antônio. Coordenando tudo está Alessandra Soares, da Voltz Design, que escalou uma equipe com nomes como do fotografo Marcio Rodrigues, do arquiteto e cenógrafo Alexandre Rousset, do VJ Ímpar, entre outros.

A noite de sábado promete um trabalho experimental, porta de entrada oficial ao mercado de trabalho. As alunas irão se juntar a muitos dos nomes que já passaram pela faculdade e hoje fazem bonito por aí, como Georgia Brant, Ana Luiza Balesteros e Virgílio Andrade.

“Moda é entender a sociedade, o que as pessoas querem e buscar coisas novas, experimentar”, finaliza Antônio.


Comentários