Belo Horizonte, 21/08/2019

Academia Mineira de Letras realiza quatro eventos esta semana em BH

por Redação | publicado em quarta, 22 de agosto de 2018



Entre os dias 21 e 24 de agosto, a segunda edição do programa Lacan na academia promove palestras sobre o livro “Macunaíma” e outros temas

Entre os dias 21 e 24 de agosto, a Academia Mineira de Letras recebe quatro eventos em seu auditório. Para abrir a semana, no dia 21, a professora e escritora Eneida Maria de Souza ministra a palestra “Nos 90 anos da publicação de ‘Macunaíma’, de Mário de Andrade. No dia seguinte, 22 de agosto, acontece a abertura da segunda edição do programa “Lacan na Academia – conversando com a literatura”, com o tema “Selfie, logo existo: posts psicanalíticos”, apresentado pelo psicanalista e psiquiatra Marcelo Veras, que convida a também psicanalista Cristiane Barreto.

Dia 23 de agosto, será a vez da escritora e professora Ana Elisa Ribeiro falar sobre o tema“Mulheres editoras no Brasil: narrativas indiscretas”. Para fechar a semana, a AML promove evento“Vinte e cinco anos sem o acadêmico Hilton Rocha, uma sessão especial em homenagem ao renomado oftalmologista, que foi o terceiro ocupante da cadeira nº 21. A seguir, os resumos da programação.

Nos 90 anos da publicação de ‘Macunaíma’, de Mário de Andrade | Com Eneida Maria de Souza

A Academia Mineira de Letras recebe no dia 21 de agosto, às 19h30, a palestra “Nos 90 anos da publicação de ‘Macunaíma’, de Mário de Andrade, com a professora e escritora Eneida Maria de Souza, doutora em Literatura Comparada pela Universidade de Paris VII. Noventa anos depois da primeira edição, a obra ainda causa acalorados debates culturais e acadêmicos, no que diz respeito ao gênero literário, linguagem e a interpretação sobre a “identidade nacional”.

“Selfie, logo existo” – programa Lacan na Academia| Com Marcelo Veras

A Academia Mineira de Letras promove, entre agosto e outubro, a segunda edição do Programa Lacan na Academia – Conversando com a literatura. O primeiro encontro deste semestre será no dia 22 de agosto, às 19h30, com o tema “Selfie, logo existo: posts psicanalíticos”, apresentado pelo psicanalista e psiquiatra Marcelo Veras, que convida a também psicanalista Cristiane Barreto. Autor do livro “Selfie, logo existo: posts psicanalíticos” (Editora Corrupio), o psicanalista Marcelo Veras propõe um diálogo entre a psicanálise e as redes sociais. Para isso, ele vai além do debate especializado e aborda temas pulsantes na sociedade, como consumismo, narcisismo, política e saúde mental, a partir de discussões feitas em chats e painéis do Facebook.

Selfie, logo existo – programa Lacan na Academia| Com Marcelo Veras

A Academia Mineira de Letras promove, entre agosto e outubro, a segunda edição do Programa Lacan na Academia – Conversando com a literatura. O primeiro encontro deste semestre será no dia 22 de agosto, às 19h30, com o tema “Selfie, logo existo: posts psicanalíticos”, apresentado pelo psicanalista e psiquiatra Marcelo Veras, que convida a também psicanalista Cristiane Barreto. Autor do livro “Selfie, logo existo: posts psicanalíticos” (Editora Corrupio), o psicanalista Marcelo Veras propõe um diálogo entre a psicanálise e as redes sociais. Para isso, ele vai além do debate especializado e aborda temas pulsantes na sociedade, como consumismo, narcisismo, política e saúde mental, a partir de discussões feitas em chats e painéis do Facebook.

Mulheres Editoras no Brasil: narrativas indiscretas| Com Ana Elisa Ribeiro

A Academia Mineira de Letras promove no dia 23 de agosto, às 19h30, a palestra “Mulheres editoras no Brasil: narrativas indiscretas”. A conferência será proferida pela escritora e professora Ana Elisa Ribeiro, doutora em Linguística Aplicada pela UFMG. Segundo Ana Elisa Ribeiro, as pesquisas brasileiras vêm redescobrindo e corrigindo a narrativa sobre a participação feminina na vida literária nacional, especialmente as poetas, romancistas e cronistas. No entanto, as mulheres que atuaram na editoração, isto é, em cargos de curadoria e decisão, ainda se encontram apagadas dessa narrativa. A conferência também irá enfocar algumas mulheres editoras brasileiras relevantes para a formação do catálogo geral e da paisagem cultural do país.

Vinte e cinco anos sem o acadêmico Hilton Rocha

A Academia Mineira de Letras promove no dia 24 de agosto, às 19h30, o evento “Vinte e cinco anos sem o acadêmico Hilton Rocha, uma sessão especial em homenagem ao renomado oftalmologista, que foi o terceiro ocupante da cadeira nº 21. Entre os oradores da sessão estarão a presidente da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG), Maria Inês de Miranda Lima, o membro da Academia Mineira de Medicina, José Raimundo da Silva Lippi e o coordenador do Centro de Memória da Faculdade de Medicina da UFMG, Luciano Amédée Peret Filho. A homenagem contará ainda com a presença de Astênio César Fernandes, membro da Academia Paraibana de Letras, que virá de João Pessoa para falar em nome dos ex-alunos do professor Hilton Rocha. Em nome da família falará o filho Ricardo Rocha.

SERVIÇO:

Palestra Nos 90 anos da publicação de ‘Macunaíma’, de Mário de Andrade

Data/horário: 21 de agosto, às 19h30

Entrada gratuita

Programa Lacan na Academia - “Selfie, logo existo”

Data/horário: 22 de agosto, às 19h30

Entrada gratuita

Palestra Mulheres Editoras no Brasil: narrativas indiscretas

Data/horário: 23 de agosto, às 19h30

Entrada gratuita

Evento “Vinte e cinco anos sem o acadêmico Hilton Rocha

Data/horário: 24 de agosto, às 19h30

Entrada gratuita

Local: Academia Mineira de Letras (rua da Bahia, 1.466, Lourdes, Belo Horizonte).

Mais informações:

academiamineiradeletras.org.br


Comentários