Belo Horizonte, 24/05/2019

Backer lança seus rótulos Capitão Senra e Belorizontina em versão long neck

por Redação | publicado em segunda, 25 de fevereiro de 2019



A cervejaria Backer busca sempre inovar e se adequar aos interesses do mercado e, para este verão, ela apresenta dois de seus rótulos mais queridos pelo público em versão long neck: Belorizontina e Capitão Senra. As long necks são um formato extremamente prático e são ótimas para serem trabalhadas em eventos como outra opção além dos chopes, de fácil consumo e descarte. Muitos estabelecimentos e também as grandes festas e baladas privilegiam as long necks por sua facilidade e atratividade com o público jovem, que pode beber rapidamente ou em pé mesmo, enquanto conversa com os amigos.

A Capitão Senra irá direto para os pontos de venda da Backer a partir deste mês. É uma cerveja Amber Lager, com 5,3% de teor alcoólico e 13 de IBU e já foi premiada duas vezes (medalha de medalha de bronze no Concurso Brasileiro das Cervejas em 2013 e medalha de prata no mesmo concurso em 2015). É uma cerveja com aparência âmbar ligeiramente avermelhada e clareza brilhante e apresenta uma espuma branca e persistente e também aromas de maltes alemães, caráter limpo e lúpulos. Seu rótulo é uma homenagem ao capitão e batedor do exército da época do presidente Juscelino Kubistchek com mais de 50 anos de paixão pelas motos Harley Davidson, conhecido como Capitão Senra.

No final de 2017, a cervejaria Backer lançou a Belorizontina, especialmente criada para homenagear os 120 anos de BH. A cerveja, que seria uma edição limitada, caiu no gosto do público e entrou para o portfólio fixo da cervejaria.Ela é uma American Lager, com dry hopping de lúpulos franceses, de baixa fermentação, coloração amarelo claro, translúcida, de espuma branca, farta e persistente, baixo amargor e excelente drinkability. Seu teor alcoólico é de 4,6% e 8 de IBU.

O mestre-cervejeiro da Backer, Sandro Duarte, dispensou uma atenção especial nessa receita. “Para essa grande homenagem à nossa terra natal, busquei lúpulos nobres e raros, de origem francesa, Aramis e Triskel,que possuem características únicas tanto de ervas, flores e aromas cítricos. Todo esse buquet lupulado, juntamente com seu frescor, torna essa cerveja um presente para o verão brasileiro”.


Comentários

Mais lidas

Card image cap
Por que fazemos o que fazemos?

Ler matéria
Card image cap
Projeto Cidade do gás

Ler matéria
Card image cap
1ª corrida contra o câncer beneficia ONG que doa perucas para pacientes oncológicos

Ler matéria
Card image cap
Uma goleada do Vila da Copa

Ler matéria
Card image cap
Rede internacional de sorvetes Cold Stone Creamery inaugura loja em BH

Ler matéria