Belo Horizonte, 13/11/2019

Como a nostalgia mexe com as nossas emoções?

por Redação | publicado em segunda, 15 de julho de 2019



Novas produções e relançamentos de filmes antigos nos cinemas levam adultos a relembrar sentimentos da infância

Filmes como Toy Story, O Rei Leão e Alladin estão entre os clássicos que marcaram a infância de muitas crianças e adolescentes na década de 1990. Quase 30 anos depois, esses filmes estão novamente nos cinemas em novas versões, trazendo à tona emoções despertadas pela nostalgia. Segundo o fundador do Programa Semente, Celso Lopes de Souza, é necessário entender o que é a nostalgia para analisar como ela mexe com os nossos sentimentos. “Nostalgia é o movimento para recuperar alguma memória que traz forte carga emocional, que pode ser positiva ou negativa”, afirma.

O especialista explica que o cérebro armazena as memórias de uma emoção por meio de histórias vividas, que estruturaram as emoções. “A recordação de um momento difícil, eventualmente até de um trauma, desperta emoções parecidas com as que foram sentidas anteriormente”, diz Lopes de Souza. “O mesmo vale para emoções positivas, com momentos de grande felicidade”, ressalta.

Histórias como as dos filmes citados, por exemplo, podem despertar satisfação, tristeza, tensão, euforia. E assistir novamente a essas cenas pode originar sensações parecidas com aquelas sentidas na primeira vez em que o filme foi visto, o que caracteriza a nostalgia.

Mas vale o alerta de que se prender ao passado pode ser algo negativo. “É importante saber que a nostalgia não é um problema, mas sim a intensidade em que ela é vivida”, explica o fundador do Programa Semente. Celso esclarece que pessoas que se prendem a essas emoções acabam por não enxergar a possibilidade de algo novo. “Toda e qualquer memória que nos paralise e nos impeça de caminhar passa a ser negativa”.

Quanto aos filmes, o especialista afirma ser algo legítimo e que pode ser positivo se visto com outra perspectiva. “É saudável viver lembranças e nostalgias, mas com o entendimento de que se está em outro momento”, conclui.

Sobre o Programa Semente (www.programasemente.com.br) – Com uma abordagem moderna e inovadora, o Programa Semente é uma solução completa de formação socioemocional de alunos e educadores em diversas escolas brasileiras. A partir de um material escrito por educadores, médicos e psicólogos, sua metodologia possibilita que sejam trabalhadas questões como sociabilidade, autoconhecimento, autocontrole, empatia e decisões responsáveis, entre outras habilidades, cada vez mais presentes no mundo do trabalho e nas principais avaliações internacionais de educação. Desta forma, o Programa Semente contribui para a alfabetização emocional.


Comentários