Belo Horizonte, 02/07/2022

Gin e uísque mineiros são escolhidos para brindar Jubileu de Platina da rainha Elizabeth II

por redacao | publicado em quarta, 08 de junho de 2022



Fotos: divulgação

Cerimônia, que acontece em diversas partes do mundo, terá bebida favorita da rainha fornecida pela Lamas Destilaria, em evento oficial realizado pelo consulado britânico em Belo Horizonte

O Jubileu da rainha, tradicional celebração que marca a ascensão na ocupação do trono do Reino Unido, vem sendo festejado em diversas partes do mundo desde a última semana e, por aqui, terá um gostinho bem especial nesta quinta-feira (9). Além de marcar os setenta anos de reinado de Elizabeth II, a comemoração do Jubileu de Platina organizada pelo Consulado Britânico em Belo Horizonte terá na bebida preferida da rainha um toque genuinamente mineiro. O Gin, que tem origem holandesa, mas que foi apresentado ao mundo pelos ingleses, será servido aos convidados pela Lamas Destilaria. “Uma grata surpresa e uma oportunidade irrecusável. Estamos em um estado que tem como marca a qualidade e a tradição. Além disso, a conexão entre Reino Unido e Minas Gerais é muito sólida e queremos estreitar ainda mais esses laços, mostrando toda a mineiridade que a Lamas carrega”, revela a diretora de marketing e sócia da destilaria, Luciana Lamas.

A rica colaboração cultural citada por Luciana será, inclusive, o destaque da cerimônia em Belo Horizonte. De acordo com Lucas Brown, Cônsul Britânico na capital mineira, cada Consulado ou Embaixada poderá escolher sua subtemática para a celebração e, por aqui, os laços entre o Reino Unido e o estado serão a bola da vez. “A relação com Minas Gerais é muito importante para nós, e acredito que isso seja recíproco. Nosso legado está presente em diversas seções culturais do estado e vão desde o esporte, com o time Villa Nova, fundado pelos britânicos que trabalhavam em Nova Lima, carregando não somente as cores da bandeira inglesa, mas também ostentando o leão como símbolo, até o dialeto, com expressões inglesas que se tornaram marcas do sotaque mineiro”, revela Lucas. De acordo com o Cônsul, o mais famoso deles, nosso tradicional “uai, sô” deriva-se possivelmente da expressão inglesa “why, sir”, que em tradução livre significa “por que, senhor?”.

E por falar na afinidade entre mineiros e ingleses, a Lamas Destilaria – que nos últimos anos conquistou grande reconhecimento internacional com seus whiskies –, se destacou principalmente em solo britânico, onde arrebatou duas medalhas de ouro em um teste às cegas no The World Whisky Masters, com seus rótulos Verus e Caburé. “Nosso whisky também estará presente na cerimônia, o que nos honra bastante, pois foi através deles que o Sr. Cônsul Lucas Brown chegou até nós. Ele esteve presente em algumas das degustações que promovemos na Casacor Minas, em 2021 e, ao que tudo indica, teve uma ótima primeira impressão, pois ele nos contactou posteriormente para estabelecermos essa parceria”, conta Luciana.

Mas não foi só o whisky que fez bonito na terra da rainha. Em uma avaliação da The Global Spirits, que apontou o Dry Gin London da Lamas como um dos melhores rótulos da The DB & SB Autumn Tasting 2021, evento realizado em Londres, na Inglaterra, o gin da destilaria entrou definitivamente no radar mundial da bebida. “O Dry Gin London é o nosso gin mais clássico, o carro chefe da empresa quando falamos da bebida e, por isso, o escolhemos para a ocasião. Feito à base de zimbro, semente de coentro, raiz angélica, casca de laranja e casca de limão, o London representa toda a linha de gins da Lamas, já que é fruto de uma infusão que serve como base para todos eles” explica Luciana. O London Dry, que marcará presença na cerimônia real, foi eleito ainda o 21º melhor destilado do mundo no Bartender Spirits Awards de 2020.

Fora da celebração britânica, mas ao alcance de todos os consumidores, além do Dry Gin London que será servido aos convidados da realeza, a destilaria produz e comercializa ainda o amadeirado Balm, único no mundo que descansa em barril de bálsamo – premiado com medalha de prata na Spirits Selection by Concours Mondial de Bruxelles, na Bélgica –, o delicado pink gin Cerise, que leva cerejas e pétalas de rosas em sua composição, o Ruby, infusionado com frutas vermelhas, e o surpreendente Íris, que como em um toque de mágica muda de cor. “Nosso foco está sempre voltado à qualidade das nossas bebidas, trazendo produtos inovadores para o mercado com o compromisso de encantar o nosso consumidor”, destaca a diretora de marketing.

Em meio à internacionalização da marca, seja por meio de concursos realizados ao redor do mundo, ou através de participações em eventos de grande magnitude, a destilaria caminha para levar seus destilados para além das fronteiras brasileiras, podendo, em um futuro próximo, serem vistos em prateleiras internacionais. “Estamos em fase de negociação com outros países europeus, e esperamos expandir, em breve, a nossa presença no continente” encerra Luciana.


Comentários