Belo Horizonte, 22/08/2019

Museu da Moda de Belo Horizonte recebe programação especial de Carnaval

por Redação | publicado em quarta, 20 de fevereiro de 2019



O Museu da Moda de Belo Horizonte já está no ritmo da festa momesca. A Fundação Municipal de Cultura preparou uma programação temática para o espaço, que inclui oficina de customização de fantasias, exposição, roda de leitura e exibições de filmes na 3ª Mostra de Cinema Samba e Carnaval. Todas as atividades são gratuitas.

Nesta sexta-feira, dia 22, as atividades serão voltadas para aqueles que adoram caprichar no figurino da folia. A Fundação Municipal de Cultura, em parceria com a Fhouse, oferece a Oficina de Customização e Fantasias de Carnaval. Serão oferecidas duas turmas, uma das 10h às 13h e outra das 14h30 às 17h, com 25 vagas por turno. Os interessados devem se inscrever previamente on-line (sympla.com.br/agenciafhouse).

De acordo com o idealizador do projeto, o objetivo da aula é mostrar ideias, aprimorá-las, finalizar fantasias ou customizá-las incluindo roupas, acessórios de cabeça e complementos. “O carnaval de Belo Horizonte tem como principal característica a diversidade e o carácter democrático. Vale cada um planejar, pensar e executar suas fantasias para se divertir na época mais alegre do ano”, pontua Aldo Clécius, diretor criativo da Fhouse (agência especializada em consultoria, educação e desenvolvimento do mercado de moda em Belo Horizonte), que fará a oficina junto com os estilistas Victoria Fernandes e Carlos Henrique.

Na quarta-feira, dia 27 de fevereiro, às 15h, a Roda de Leitura - Esquenta Carnaval, fará a leitura coletiva dos contos e "Meu Carnaval", de Lima Barreto, e “O bebê de tarlatana rosa”, de João do Rio.

Entre os dias 26 e 28 de fevereiro, o museu recebe ainda a 3ª Mostra de Cinema, Samba e Carnaval, com curadoria do historiador Marcos Maia, que exibe obras audiovisuais com imagens e depoimentos raros de personagens do samba e do Carnaval brasileiro, além de ficções e ensaios audiovisuais que refletem a manifestação cultural.

“A programação especial de Carnaval que acontece no Museu da Moda de Belo Horizonte foi pensada com o objetivo de potencializar as atividades realizadas no próprio museu. É uma oportunidade de abordar o Carnaval de outra maneira, levando-se em consideração a moda e seus processos criativos” afirma a diretora de Museus, Letícia Dias.

Durante todo o mês de fevereiro, a exposição “Carnaval à moda de Belo Horizonte” apresenta, a partir de fotografias, as transformações da festa na cidade ao longo dos anos, com registros da primeira metade do século XX e das décadas de 1970 e 1980. A mostra conta ainda com camisetas, cartazes e um curta-metragem que retrata parte importante da história da manifestação popular na capital mineira. As visitações estão abertas de terça a sexta, das 9h às 21h, e aos sábados e domingos, das 10h às 14h.

SERVIÇO:

Museu da Moda de Belo Horizonte (MUMO)

Rua Bahia, 1149 - Centro

Contatos: 3277-4384 | mumo.fmc@pbh.gov.br

Entrada Gratuita

MUSEU DA MODA DE BELO HORIZONTE – CARNAVAL 2019

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

EXPOSIÇÃO CARNAVAL À MODA DE BELO HORIZONTE

A exposição exibe fotografias da primeira metade do século XX e das décadas de 1970 e 1980, além de camisetas, cartazes e um curta-metragem que conta parte importante da história da folia na capital mineira.

De 13 de fevereiro a 10 de março

Funcionamento: de terça a sexta, das 09h às 21h, aos sábados e domingos, das 10h às 14h.

OFICINA DE CUSTOMIZAÇÃO & FANTASIAS DE CARNAVAL

Materiais recomendados: Short, blusa ou peça de roupa para customizar; brilhos, lantejoulas e paetês; arco de cabeça; tecidos e fitas coloridas; máscaras; tesoura; objetos leves e de plástico para colar na fantasia.

Vagas: 25 por turno

Inscrições gratuitas no site: sympla.com.br/agenciafhouse

Dia 22 de fevereiro, sexta-feira, das 10h às 13h ou das 14h às 17h.

RODA DE LEITURA - ESQUENTA DE CARNAVAL

Leitura dos contos “Meu Carnaval”, de Lima Barreto e “O bebê de tarlatana rosa”, de João do Rio.

Local: Recepção do MUMO

Público: Jovem e adulto

Dia 27 de fevereiro, quarta, às 15h

3ª MOSTRA DE CINEMA SAMBA E CARNAVAL

Dia 26, terça-feira

18h30 - Samba das antigas: os fundadores (56 min)

Heitor dos prazeres (Antônio Carlos da Fontoura| Brasil | 1965 | Documentário |cor| 14 min)

Pixinguinha (João Carlos Horta | Brasil | 1966| Documentário| pb |12 min)

Conversa de Botequim (com João da Baiana) (Luiz Carlos Lacerda | Brasil | 1972| Documentário) Noel por Noel (Rogério Sganzerla | Brasil | 1981| Ensaio visual | cor/pb | 10 min)

Pixinguinha e a Velha Guarda do Samba (Ricardo Dias e Thomaz Farkas | Brasil | 2006 | Documentário | cor/pb | 10 min)

Classificação indicativa: livre

20h - Diversidades (55 min)

Floreados do Repique (Gabriela Greeb | Basil | 2000 | Documentário | cor | 21 min)

O Batuque na cozinha (Anna Azevedo | Brasil | 2004 | Documentário| cor | 19 min)

A Tal Guerreira (Marcelo Caetano | Brasil | 2008 | Documentário | cor | 15 min)

Classificação indicativa: livre

Dia 27, quarta-feira

18h30 - Samba Paulista (75 min)

O Catedrático do Samba (Alessandro Gamo e Noel Carvalho | Brasil | 1999 | Documentário/ficção | cor | 23 min)

Geraldo Filme (Carlos Cortez | Brasil | 1998| Documentário | cor/pb | 52 min)

Classificação indicativa: livre

20h - Grandes nomes (65 min)

Nelson Sargento (Estevão Ciavatta| Brasil | 1997 | Documentário | cor | 22 min)

Martinho da Vila Paris 1977 (Ari Candido Fernandes| Brasil| 1977| Documentário| cor | 8 min)

Guilherme de Brito (André Sampaio | Brasil | 2008 | Documentário | cor | 21 min)

Nelson Cavaquinho (Leon Hirszman | Brasil | 1969 | Documentário | pb |14 min)

Classificação indicativa: livre

Dia 28, quinta-feira

18h30 - Na avenida (63 min)

Nossa Escola de Samba (Manuel Horácio Gimenez| Brasil| 1965| Documentário| pb | 29 min)

Ilê Aiyê/Angola (Orlando Senna| Brasil | 1985 | Documentário | cor | 16 min)

Jorjão (Paulo Thiefenthaler | Brasil | 2004| Documentário | cor | 18 min)

Classificação indicativa: livre

20h - No terreiro (50 min)

Carioca, suburbano, mulato, malandro - João Nogueira (Jom Tob Azulay| Brasil| 1979| Documentário| cor | 13 min)

Samba de Quadra (Gustavo Mello e Luiz Ferraz| Brasil| 2009| Documentário| cor | 17 min)

Babaú na casa do Cachaça - verde e rosa blues (Luiz Guimarães de Castro| Brasil| 2005| Documentário| cor | 20 min)

Classificação indicativa: livre


Comentários