Belo Horizonte, 18/08/2019

O sabor do picles

por Redação | publicado em terça, 10 de julho de 2018



Foto: Cecilia Ganzarolli

Desde antiguidade, o picles é usado para conservar legumes, verduras, frutas e carnes, assim garantindo a comida do inverno. De solução virou iguaria, dessas que deixam as receitas mais interessantes. Sanduíches, saladas, arroz.. tudo ganha mais sabor com uma boa colherada destes alimentos.

A fórmula básica para fazer picles é 1 medida de água, a mesma quantidade de vinagre e 1 colher (sopa) de sal para 3 cada colheres (sopa) de açúcar. A partir daí entra o toque do cozinheiro, que pode acrescentar os mais diferentes temperos. Entusiasta quando o assunto são conservas, o chef e sócio do Nimbos Luiz Henrique Moreira usa a criatividades para inventar diferentes sabores. Atualmente, serve três tipos em sua casa: chuchu, maxixe e de cebola roxa e inclusive os fornece para outras casas de BH, como o bar Juramento.

Para quem for tentar em casa, o chef dá a dica, nada de aproveitar alimentos velhos. “O picles serve para preservar o alimento no seu auge”, explica.

Sugestão de pratos Nimbos:

Barriguinha da casa - Barriga de porco e picles de chuchuzinho. 28,00 (foto)

Hund - Salsicha frankfurter artesanal, pão com gergelim, requeijão de corte, picles de cebola roxa e ketchup de curry. R$26,00


Serviço

NIMBOS BAR

Endereço: Rua Alagoas nº608, Savassi.

Funcionamento: Terças a Quintas: 18h às 00h.Sexta e Sábado: 18h à 01h.

Facebook: facebook.com/nimbosbar

Instagram: instagram.com/nimbosbar


Comentários