Belo Horizonte, 06/08/2020

Teatro Vivo em Casa apresenta a comédia "Louca de Amor, Quase Surtada"

por Redação | publicado em sexta, 03 de julho de 2020



Público poderá conferir ainda abertura especial com apresentação musical de Saullo e Sarah Roston


O Teatro Vivo promove neste sábado (04), às 20h, o espetáculo Louca de Amor Quase Surtada, comédia escrita e interpretada por Lena Roque. O monólogo conta a história de uma mulher solteira e bem-sucedida que procura desesperadamente o homem perfeito, com as contradições da mulher moderna, bem resolvida profissionalmente, mas na eterna busca pelo par ideal. A peça apresenta os momentos que antecedem um jantar romântico. As inseguranças, expectativas, incertezas, ciúmes, o fantasma do ex e o dilema de ligar ou não ligar no dia seguinte, se transformam em matéria-prima para muito riso. A direção é de Lena Roque e Jorge Balbyns.

O espetáculo integra a programação do Teatro Vivo em Casa, com apresentações ao vivo, diretamente da residência dos artistas. Antes da abertura haverá apresentação musical com Saullo e Sarah Roston. Os ingressos são gratuitos e limitados. Interessados podem se inscrever via plataforma @vivo.cultura, no Instagram e após cadastro recebem um link para acesso exclusivo à apresentação. Duração: 40 min

Vivo Cultura

A Vivo acredita na cultura como um instrumento para aproximar pessoas de diferentes realidades. Há 16 anos, apoia iniciativas ligadas ao teatro, museus e artes plásticas. Em 2019, renovou seu compromisso com a arte ao revitalizar o Teatro Vivo, em São Paulo, um espaço moderno e acessível, capaz de receber diferentes produções culturais e, de forma gratuita, promove o projeto "Ciclo de Leituras Teatrais", que apresenta ao público parte do processo de criação e direção de um espetáculo.

A empresa apoia ainda, importantes espaços multiculturais como o Palácio das Artes em Minas Gerais, além do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), do Masp e Instituto Inhotim. Em 2020, lançou a plataforma @vivo.cultura que consolida as iniciativas da Vivo, voltadas à arte, com o propósito de ampliar o acesso a esses conteúdos.


Comentários