Belo Horizonte, 13/11/2019

Verbogentileza promove ateliê criativo TransVest com oficinas gratuitas de zines, escrita, colagem e ilustração

por Redação | publicado em terça, 20 de agosto de 2019



Ação POP-UP integra festival Verbogentileza 2019, que busca realizar transformações reais na cidade

Com o intuito de transformar as relações urbanas, o projeto Verbogentileza promove uma série de intervenções em Belo Horizonte. Para isso, convidou quatro embaixadores atuantes em diferentes áreas sociais para indicar programas independentes e não próprios que serão viabilizados com apoio financeiro. As ações pop-up têm o objetivo de funcionar como rede e integrar o compromisso derealizar, marca da quarta edição do Festival Verbogentileza, entre 7 e 8 de setembro, na praça Floriano Peixoto, no bairro Santa Efigênia.

Primeira mulher transexual a se candidatar para o Senado por Minas Gerais, a professora Duda Salabert indica a segunda ação do projeto, o Ateliê Criativo TransVest. A TransVest é uma ONG artística-pedagógica, sediada no Edifício Maletta, que busca combater a transfobia e acolher travestis, transexuais e transgêneros em situações de rua. “Elegi a TransVest justamente para que haja mais gentileza e mais amor com a comunidade trans. Somos marginalizadas e violentadas todos os dias, e a sociedade finge que não nos vê. Existimos e resistimos diariamente, por mais que digam que não existimos. Estar presente neste tipo de movimento é escancarar nossa existência e a necessidade e urgência de nossas pautas”, diz Duda.

O ateliê acontece no dia 24 de agosto, das 9h às 13h, no Centro de Referência da Juventude e será composto por três oficinas gratuitas: Produção de Zines, Escrita Criativa e Colagem e Ilustração. Com mais de uma década de experiência em zines punks, de arte e de protesto, o zineiro Zênite irá ensinar a produzir este tipo de revista independente e de baixa circulação. “A principal dica é não depender apenas dos programas de computador e produzir a publicação experimental com os materiais que tiver à mão, como papel, tesoura, cola e grampeador”, adianta ele.

Na sequência, Deborah Rocha, coordenadora do Verbogentileza, apresenta a Oficina de Escrita Criativa, voltada para iniciantes na arte das palavras. “A ideia é oferecer informações e exercícios que conduzam ao papel e ajudem a dar o start na criação de textos, exercitando os elementos que colaboram com a produção criativa”, descreve Deborah.

Por fim, os designers Uno Vulpo e Fran desenvolvem a Oficina de Colagem e Ilustração, motivando os participantes a experienciar a união destas duas técnicas de forma intuitiva. Para isso, vão desenvolver trabalhos voltados para a construção de narrativas individuais e lúdicas, de forma a contar uma história por meio de imagens. Eles solicitam ao público que levem revistas e livros que possam ser recortados.

Todas as inscrições devem ser feitas previamente no site da Gofree, por meio do link:https://www.eventosgofree.com/atelie-criativo-transvest-popup-verbogentileza_1746.“

Depois três anos ouvindo a cidade, chegou o momento de realizar, de dar um passo para a transformação real. Este é apenas um protótipo que, num futuro próximo, pretendemos que seja uma grande plataforma de realizações”, diz Patrícia Tavares, idealizadora do projeto Verbogentileza.

SERVIÇO:

Ação pop-up Verbogentileza + Ateliê Criativo TrasnVest

Data: 24 de agosto

Horários: das 9h às 13h (Oficina de Produção de Zines – das 9h às 10h; Oficina de Escrita Criativa – das 10h às 11h30; Oficina de Colagem e Ilustração – das 11h30 às 13h)

Local: Centro de Referência da Juventude (rua Guaicurus, 50 , Centro)

Entrada gratuita

Inscrições:

https://www.eventosgofree.com/atelie-criativo-transvest-popup-verbogentileza_1746

Informações:

https://www.facebook.com/events/1235783319879381/

SOBRE O VERBOGENTILEZA

O projeto Verbogentileza surgiu em 2016, em Belo Horizonte, como uma plataforma de ações individuais, coletivas, on e off-line para engajar – por meio da cultura, da educação e de ações de conscientização – as pessoas a buscarem soluções mais inteligentes, compartilhadas e sustentáveis, para melhorar a vida nos grandes centros urbanos.

Na prática, o projeto atua em três frentes. As redes sociais são um canal de escuta e de criação de conteúdo, buscando dar luz a iniciativas afins e incentivar posturas gentis. As ações pop-up na cidade propõem trazer reflexão, conectar pessoas, elucidar projetos. E o Festival Verbogentileza é a celebração do projeto com o público, o momento em que as ações se juntam e uma programação cultural e de reflexão é disponibilizada gratuitamente. Em 2019 será a quarta edição do evento.

Em sua trajetória, o Verbogentileza passou por diversos momentos. Em 2016 se apresentou à cidade. No Festival, o público foi convidado a escrever seus anseios e desejos, pessoais e coletivos. Houve escuta, conversa e muita troca de conhecimento.

Em 2017, as ideias ganharam mais movimento e saíram do papel com formatos, roteiros e interações maiores e diferentes. Em 2018, já ciente do seu papel transformador, o projeto ganhou contornos de rede e não apenas de manifesto. Inspirado nessa essência que é a ação, foi escolhido o verbo “convidar” para nortear o conceito do ano. Foi assim, abrindo e aceitando convites, que o Verbogentileza se fez mais presente.

Para 2019, após muita escuta e troca, ele surge com uma resposta: contar com a força de pessoas realizadoras, com um objetivo em comum. Para este ano, o projeto será uma rede, que conecta gentilezas e contribui efetivamente para uma vida urbana melhor.

RELAIZAÇÃO: MINISTÉRIO DA CIDADANIA e Pátria Amada Brasil Governo Federal. Conta com patrocínio do Instituto Unimed-BH, por meio do incentivo de mais de 5.000 médicos cooperados e colaboradores ao Programa Sociocultural.

facebook.com/verbogentileza

instagram.com/verbogentileza

www.verbogentileza.com.br


Comentários